O que é a doença mão-pé-boca?

Transmissão é viral e pode ocorrer o ano todo, mas é mais comum no outono. Doença atinge crianças com até 5 anos e exige cuidados



A doença mão-pé-boca tem origem viral e atinge crianças de até cinco anos de idade. Os primeiros sintomas são muito parecidos com os de uma virose comum, como febre e dor de garganta, podendo ou não ser acompanhados de mal-estar e perda de apetite. Após dois a três dias, manchas e bolhas na pele, especialmente nas mãos, pés e ao redor dos lábios, começam a aparecer. Os sintomas desaparecem espontaneamente entre 7 e 10 dias.


A transmissão ocorre pelo contato direto com outras crianças doentes. Alimentos e objetos contaminados também podem transmitir o vírus. Além disso, mesmo após quatro semanas da cura, as fezes da criança contaminada ainda podem transmitir a doença, por isso, é necessário redobrar os cuidados com a higienização.


A doença é mais comum no início do outono, quando é maior a permanência de crianças e adultos em ambientes fechados e pouco ventilados, porém, pode ocorrer o ano todo. Por meio dos sintomas, o médico irá diagnosticar e passar as recomendações necessárias. Não há um tratamento específico, mas é importante procurar o pediatra para tratar os sintomas e evitar que a criança desidrate.


Como as crianças tendem a colocar a mão na boca e em objetos com frequência é importante que o paciente com sintomas permaneça em repouso em casa. Lavar as mãos das crianças com frequência ou ensiná-las a fazer isso sozinhas – quando é possível - ajuda na prevenção da doença.


Precisa de atendimento pediátrico?


O São Francisco Instituto Vida possui Plantão de Pediatria, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h15. O Centro Médico também oferece atendimento pela especialidade. Para agendar uma consulta basta ligar ou enviar WhatsApp para o telefone (43) 3249-3000.

9 visualizações0 comentário