Acerca de

HOSPITAL-03A.jpg

Toda História

O atendimento e a resolutividade clínica e cirúrgica foram ampliados com a inauguração, em maio de 2001, da primeira Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do município, uma homenagem ao antigo proprietário e médico, que cuidou da saúde dos cambeenses de 1953 a 1988, dr. Leopoldino Loureiro Ferreira.

Neste mesmo ano, o hospital recebeu o título de “Destaque do Paraná 2001”, um reconhecimento às empresas que consolidaram seus objetivos com garra, gerando emprego, desenvolvimento e orgulho para a cidade e o estado. A premiação confirmou os resultados positivos dos 15 anos de trabalho e dedicação.

Anos mais tarde, o São Francisco anunciou uma nova ampliação, com a construção de quatro pavimentos e 20 leitos. O trabalho árduo e humano, associado ao apoio do povo cambeense, continuou a impulsionar a instituição na busca por melhorias. Em 2004, o investimento foi focado na implantação de tecnologia da informação e modernização do atendimento. Em março de 2005, o hospital conquistou o título de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e passou a ser conhecido como “São Francisco Instituto Vida”. Foi legalmente constituído como empresa privada, sem fins lucrativos, sob formatação estatutária com conselhos diretor, fiscal e social e registro no Ministério da Saúde CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde.

Em 2006, o instituto foi inscrito no Conselho Municipal de Ação Social, tornou-se membro do Conselho Municipal de Saúde e adquiriu o Título de Utilidade Pública Municipal. No ano seguinte conquistou o Título de Utilidade Pública Estadual. Desde então desenvolve atividades sociais com recursos próprios e serviço voluntariado, prestando contas anualmente ao Ministério da Justiça, do qual obtém certificações consecutivamente renovadas. 

Em 2017, a instituição solicita a desqualificação de OSCIP e permanece como associação sem fins lucrativos, dando continuidade ao desenvolvimento de suas atividades com transparência e qualidade, de forma personalizada e humanizada, aliando o atendimento em saúde aos projetos de relevância social realizados com recursos próprios. 

Desde a partida prematura do dr. Armando César S. Casimiro (+ 04/12/2010), a missão de garantir a continuidade do sonho do pai, de oferecer serviços de saúde de qualidade, foi herdada pela família. O médico Bruno Rodrigues Casimiro e o irmão Armando Cesar Rodrigues Casimiro assumiram o comando das atividades ao lado da mãe, a médica Elizabeth Rodrigues Casimiro. Posteriormente, também passou a integrar a administração a esposa de Bruno Casimiro, Michele Mitiko Sonomura Casimiro.

A construção de uma história com mais de meio século transformada e modernizada em um grande hospital fizeram do São Francisco Instituto Vida uma referência no atendimento humanizado e personalizado. Com uma medicina avançada, a entidade cuida do presente e protege o futuro dos cambeenses.