top of page

Epidemia de dengue gera sobrecarga no atendimento hospitalar




A rede hospitalar tem enfrentado um aumento significativo na procura por atendimento devido aos casos de dengue registrados em todo o Paraná.


Vivemos uma epidemia da doença, favorecida pela variação climática e mudanças na circulação de sorotipos do vírus, dentre outros fatores. Tal situação é pública e notória, como bem divulgado pelos jornais.


Informamos que o Hospital São Francisco tem trabalhado incansavelmente para melhorar o atendimento prestado à população, a fim de que todos tenham acesso a um atendimento humano, eficaz e de qualidade.


Atendemos, em média, 60 pacientes por dia, porém, nas últimas semanas, temos registrado 200 atendimentos diários, dentre os quais a maioria estão relacionados a suspeitas de dengue ou casos confirmados da doença.


É importante que a população esteja ciente de que, nos picos de atendimento, contamos com um médico a mais e que estes profissionais não estão somente atendendo consultas, mas também analisando os exames solicitados e reavaliando os pacientes. Tais tarefas demandam tempo e, consequentemente, acarretam uma demora maior no atendimento do pronto-socorro.


Esclarecemos que esta instituição preza pelo atendimento humanizado de seus pacientes, de modo que se sintam valorizados e bem atendidos em nossas instalações. O São Francisco tem tomado todas as medidas possíveis para que o atendimento seja reestabelecido de maneira regular e o mais rápido possível.

26 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page