Dor no estômago pode ser apendicite?

Atualizado: 23 de Nov de 2020

O apêndice é uma parte do corpo para a qual a ciência ainda não possui uma explicação. Sua existência não é exatamente justificada. No entanto, problemas relacionados a esse órgão podem demandar procedimentos cirúrgicos.

Quais são as causas da apendicite?

O apêndice tem o formato de um tubo e está localizado entre os intestinos grosso e delgado. Ele se atrofia e fica mais estreito. Pode ser facilmente inflamado por conta de cocô endurecido ou alimentos não digeridos. Outros fatores podem ser responsáveis pela apendicite, como: - Bactérias do intestino; - Adenovírus (rubéola, sarampo, mononucleose); - Fungos e parasitas (Enterobius vermicularis e Ascaris lumbricoides); - Pólipos; - Cálculos biliares; - Semente (melancia, pipoca etc.).


Quais são as pessoas mais propensas à apendicite?

Pessoas de qualquer idade podem ter apendicite. No entanto, 90% dos casos ocorrem em pacientes de 10 a 30 anos.

Quais são os sintomas da condição?

A apendicite apresenta sinais bastante claros. Um deles é a dor repentina na região. Além disso, você pode sentir cólicas, dor difusa em todo o abdome, enjoos, náuseas, vômitos, febre, perda de apetite e diarreia.

Quando devo procurar ajuda?

Você deve buscar ajuda caso tenha uma dor abdominal constante por algumas horas. Se você esperar muito, pode sofrer com a perfuração do órgão. É importante verificar isso para evitar o vazamento de fezes, acúmulo de pus, obstrução intestinal, fístula, sepse e risco de morte. A apendicite pode ocorrer em crianças?

Sim! Infelizmente, as crianças não estão livres da condição. Ela costuma não se apresentar entre recém-nascidos, apenas em pequenos com mais de 5 anos de idade.


O Hospital São Francisco conta com especialistas em seu quadro de profissionais.

Clique no botão abaixo e agende sua consulta.




62 visualizações0 comentário